quarta-feira, 20 de março de 2013

Regresso

Regresso ao mar

como se regressasse a casa depois de uma viagem por um país estranho

Regresso, depois de um longo périplo pelo desconhecido,

ao abraço das ondas, ao terno aconchego das águas.


Atravesso a porta que me separa da solidez estática das coisas firmes

e mergulho na líquida fluidez das primeiras coisas, dos momentos iniciais,

volto ao berço da vida, reflexo de luz no espelho das águas, fronteira do mar.


Regresso ao mar como quem regressa a si, súbito choro, primeira golfada de ar, encontro


Regresso ao mar para não mais ser outro que não eu

Pleno… infinito… oceano… aberto…

2 comentários:

Clara disse...

Para não dizeres que não te leio. Leio e releio.

Sam disse...

Um regresso que soa mais a uma fuga....